quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Eleição Vocacional

Eis que Engenharia e Psicologia estão em disputa por boa parte do tempo útil de meu cérebro nos próximos 5 anos.
Vamos aos prós e contras destes.
Engenharia tem à seu favor estar extremamente aquecida nestes últimos anos. Emprego "fácil" e bom. Grandes chances de crescimento profissional e salários compensativos.´
Porém, há contra ela, o grande desgaste causado pela rotina. Workaholic total. Vejo isso nos meus superiores.
Por enquanto não abro mão da minha vida pessoal. Por enquanto...
Eu sei que posso ser bom nisso e passar a ver a coisa de outro jeito. Também vejo isso nos meus superiores.
"Quem é bom no que faz. É o que faz." William Gibson.

Psicologia: Sou natural de humanas. É algo à que, a princípio, me dedicaria. É um assunto que me interessa muito. Já lí sobre a profissão. É pesada.
Profissionalmente, é a área que deve mais crescer no mundo. O curso de humanas que dá mais expectativas financeiras. Pessoas estão em ruínas. Todas. Isso é uma carga à se pensar se quer suportar.
Pesa contra eu já trabalhar na área de engenharia e ver psicologia como algo que eu gostaria de estudar e não trabalhar (como história, antropologia, teologia,...).

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Dramalhão

Não serve pra nada?
Aprendizado.

Sofrimento?
Calos.

Tristeza?
Sabedoria.

Felicidade?
Passa.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Livro já citado por Vonnegut e Neil Gaiman (que eu tenha visto).
Desafio a qualquer um ler e não se sentir humilhado.
Ainda que a proposta do livro possa não ser essa.

terça-feira, 22 de junho de 2010

.pô


Não sei de mais nada.


A ruina está ali na esquina.
Amizades desmoronando.
A culpa é minha.
Vai Brasil!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Dia dos namorados

Ficar com os brothers até 2h da manhã falando das amarguras dos relacionamentos não tem preço.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Vejamos

Se incomoda é um problema.
Nunca generalize, nunca.
Resolva os problemas.
Procure alguém.
Pessoas são difíceis demais, ficar sozinho parece ser melhor.
Não é.
A solidão já foi boa, mas depois que se experimenta o companheirismo, ela te deprime.
Não há mais momentos para solidão.
Sou agora um ser sociável, mas ainda pensante.
Agradeço por ainda ser pensante.
Ainda tenho todas as respostas na ponta da língua.
Ainda quero discutir por horas sobre qualquer coisa.
Ainda vejo cada hipocrisia, falsidade e falta de virtudes.
Já não aponto o dedo para elas.
Cada ser é um ser só.
Somos destinados à solidão.
Cada um vive a sua à sua maneira.
Nesse caminho se encontra outros solitários.
Cuide para que sejam pensantes.
Quando deixar de pensar.
É o fim.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

50

Cacete de agulha

Dia 13 serei batizado.

Não adianta tentar explicar a "graça" à vocês, mas se quiserem um dia tento.

Quem diria...Eu não.


Psicologia ou engenharia civil?

Psicologia, foda-se o "dinheiro".

Abraços.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Você precisa de quatro coisas:

Drogas;
Exercícios físicos;
Psicoterapia;
Religião.

Ass: meu psiquiatra.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Eu e a religião.

Humanista deísta é aquele que acredita os valores e princípios são do homem, Deus atua nos acasos e coincidências. E atuou como força criadora. (Sendo que toda essa base de valores e princípios vem remotamente da religião, claro).
Pronto, estou rotulado.

Pois bem, já que acredito em Deus, fui conhecer uma religião que se diz racional. E é.
Ela estuda a Bíblia, passando ensinamentos e modos de se comportar. Uma grande Auto-ajuda. Dessa parte eu não preciso, mas dá pra levar (muita pretensão, não?). Então como bom amante humanidades, estou encarando os cultos como grandes aulas de histórias, estou gostando. Já que nada pode ter mais história que a Bíblia.

Já discorri sobre lá no meio, e disseram que no momento certo eu vou aceitar Jesus como salvador, e terei certeza disso, coisa que ainda não afirmo.
Pois estou esperando.

Fui convidado pra visitar essa igreja há uns 3 meses, rejeitei educadamente.
Esse trecho de Nevasca (preciso terminar, é genial) me fez refletir sobre e aceitar o convite, os dois que trabalham comigo e frequentam são pessoas bacanas. Devemos sempre ir atrás de iguais.
Lá disseram que esse trecho foi um jeito de Deus me chamar. Não discordo, ele age no acaso.
Minha vida social deu cambalhotas desde que comecei a frequentar. Olha o acaso aí de novo.
Continuarei, há espaço para mim lá. Só esperar agora que me mostre a verdade. Coisa que, segundo eles, acontecerá.

Vou lá, qualquer novidade venho correndo postar.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Nevasca (trecho)

- Mas o quê você sabe sobre religião?
- Epa, eu ia à igreja toda semana no segundo grau, cantava no coral. - Disse Hiro.
- Eu sei - Respondeu Juanita - É exatamente este o problema. 99% de tudo que se passa na maioria das igrejas cristãs não tem absolutamente nada a ver com a religião de verdade. Pessoas inteligentes sempre notam isso mais cedo ou mais tarde, e concluem que cem por cento disso é papo furado, e é por isso que o ateísmo está ligado a ser inteligente na cabeça das pessoas.